Home | Contato | Mapa do Site

Busca no site:
:: SANTA CASA DE MAUÁ >> SANTA CASA DE MAUÁ

Uma boa saúde começa pela alimentação

Por Eva Venâncio, nutricionista da Santa Casa de Mauá   

Um dos grandes desafios da vida moderna é manter uma alimentação saudável e balanceada. Com o dia a dia cada vez mais corrido, as pessoas buscam equilibrar tarefas e dedicam pouca atenção às refeições e as famílias acabam não tendo tempo para preparar um cardápio adequado. Na pressa, pratos rápidos e práticos são preferidos e acabam ingerindo alimentos que têm energia, mas não nutrientes, o que chamamos de calorias vazias.

Uma boa alimentação não é sinônimo de dieta, mas sim de se alimentar de forma completa e equilibrada. Isso não tem a ver com estética e, sim, com saúde. Para manter esse hábito, basta realizar uma reeducação alimentar. Dietas muito restritas, além de causarem carência nutricional, não conseguem ser mantidas por muito tempo. O prato precisa de cores. Arroz, feijão e uma carne não é suficiente. A vida realmente é corrida, mas, tente se organizar e deixar algum legume cozido no dia anterior, uma salada pré-preparada. Assim, na hora do almoço, você garantirá uma alimentação nutritiva à família.

Hábitos alimentares pouco saudáveis causam complicações físicas que se manifestam em sintomas como cansaço, falta de concentração, fraqueza, irritabilidade, tristeza, raiva, entre outros. Os principais problemas de saúde associados a uma nutrição inadequada são obesidade, hipertensão, diabetes, osteoporose, entre outros.

A quantidade necessária de comida para cada um depende da idade, do sexo, da altura e do peso da pessoa. Também varia de acordo com o estilo de vida. Por exemplo, alguém que pratica esportes regularmente gasta mais energia do que outro que fica o dia todo sem se exercitar, em frente ao computador ou à televisão.

Lembre-se: alimentação é o combustível para o nosso corpo. Se ninguém gosta de colocar combustível adulterado no seu carro, por que colocamos alimentos fora da qualidade no nosso corpo? Afinal, essas escolhas estão intimamente relacionadas a nossa qualidade de vida.

         Dicas da nutricionista:

- Comece com os passos que você avalia que são mais fáceis de adotar no seu hábito alimentar e de sua família. Procure segui-lo todos os dias. 
- O hábito adquire-se com constância e persistência e é uma questão de tempo. 
- A alimentação saudável pode e deve ser gostosa e prazerosa.  Consulte receitas para facilitar o consumo dos alimentos que farão parte dos seus novos hábitos. 

Informações à imprensa
MP & Rossi Comunicações
Marli Popolin
mprossi@uol.com.br
(11) 4436-8408 / 99602-4430
www.mprossi.com.br

27/03/2018