Home | Contato | Mapa do Site

Busca no site:
:: STAR CENTER >> STAR CENTER

Executivo do setor de climatização assume novo desafio profissional

 
Antonio Uehara, engenheiro mecânico formado pela FEI, com especialização em HVAC (Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado), Gestão de Empresas pela FEA e com pós-graduação em Marketing, é o novo Diretor de Negócios da Star Center Soluções em Climatização, considerada uma das empresas referências do setor.
 
Uehara atua na área de climatização há mais de 30 anos, tendo passado por todos os segmentos do setor - engenharia, obras, manutenção e vendas. Foi sócio da Servtec Instalações e Manutenção e da Arcogen Energy, além de ter trabalhado em outras empresas da área.
 
O engenheiro conta que aceitou o convite para trabalhar na Star Center pela seriedade do seu presidente, Edson Alves. “Um empresário cuja trajetória acompanho há tempos e que sempre respeitei por sua honestidade e competência. A Star Center é uma empresa de destaque e qualquer profissional da área se sentiria honrado em associar sua experiência profissional a ela. De forma bastante ampla, conhecer a Star Center e os planos do Edson me convenceram do seu enorme potencial de crescimento”. 
 
Para Uehara, os desafios são estimulantes na medida em que se pode contribuir com sua experiência para atingir o objetivo da Star Center de se tornar a principal empresa de engenharia do segmento. “Quero reforçar o atendimento profissional dedicado aos seus clientes e desenvolver processos que ampliem sua capacidade de gestão, sua tecnologia e sua competitividade. A evolução da empresa passa, ainda, pelo crescimento profissional do seu time de colaboradores, que hoje é bastante jovem. Minha vivência neste ponto me permite contribuir na formação técnica e humana do grupo que compõe a Star Center”, reforça o executivo.
 
O setor de climatização tem um futuro promissor pela frente, pois passa por um amplo processo de transformação, principalmente em relação à preservação do meio ambiente, que exige novas tecnologias que priorizem a eficiência energética e racionalização do uso de recursos naturais.
 
“A evolução dos conceitos de projeto dos sistemas de climatização, o desenvolvimento dos equipamentos que aplicamos e a adoção de recursos de automatização, inclusive, aqueles capazes de se utilizar de inteligência artificial que tornem a operação do sistema constantemente evolutiva quanto a sua eficiência, deverão ser cada vez mais intensos. É preciso estar focado no acompanhamento destes fatores. Tudo isto se aplica não apenas aos novos projetos, mas, também e principalmente, em processos de retrofit de antigos sistemas que, por representarem um enorme parque em plena operação, porém, submetidos a uma velocidade crescente de obsolescência, geram grandes oportunidades de negócio”, justifica Antonio Uehara.  
 
Informações à imprensa
MP & Rossi Comunicações
Marli Popolin
mprossi@uol.com.br
(11) 4436-8408 / 99602-4430
06/03/2019